Catedral de Notre Dame – Paris

Catedral de Notre-Dame de Paris é uma das mais antigas catedrais francesas em estilo gótico. Iniciada sua construção no ano de 1163, é dedicada a Maria, Mãe de Jesus Cristo (daí o nome Notre-Dame – Nossa Senhora), situa-se na praça Parvis, na pequena ilha Île de la Cité em Paris, França, rodeada pelas águas do Rio Sena.

A catedral surge intimamente ligada à ideia de gótico no seu esplendor, ao efeito claro das necessidades e aspirações da alta sociedade, a uma nova abordagem da catedral como edifício de contacto e ascensão espiritual.

arquitetura gótica substituiu as paredes grossas das igrejas românicas por colunas altas e arcos capazes de sustentar o peso dos telhados. Como consequência, os edifícios góticos ganharam um aspecto mais leve, e as janelas, mais amplas e altas, foram decoradas com belos vitrais coloridos que filtravam a luz natural, e com isso, criavam um “clima”de misticismo em seu interior.

É o marco zero de Paris, já que é a partir de uma pedra colocada diante da Catedral situada na Île de la Cité que se contam as quilometragens das principais estradas francesas. A Catedral de Notre Dame começou a ser construída em 1163, no local onde antes havia outra igreja, sob o comando do então bispo de Paris, ávido por consolidar a imagem da cidade como polo religioso, cultural e intelectual do período. E o resultado da obra, executada em portentoso estilo gótico francês, foi satisfatório o suficiente para que, ao menos nos sete séculos seguintes (até a Revolução), a catedral fosse sinônimo do catolicismo parisiense. O impacto visual começa por suas dimensões – 130 metros de profundidade, 48 de largura e 35 de altura, o que a torna apta a acomodar até 6 mil pessoas – e se desdobra em cada detalhe da edificação (que demorou quase dois séculos para ser concluída) e da coleção de obras de arte que comporta, entre vitrais, quadros e esculturas.

A Notre Dame testemunhou alguns dos grandes eventos da história francesa, tais como a coroação de Napoleão como imperador em 1804 e a beatificação de Joana D’Arc em 1909 (representada em uma estátua no interior da igreja). Também está guardado em seu relicário nada menos que a suposta coroa de espinhos de Jesus Cristo, exibida aos visitantes na primeira sexta-feira de cada mês.

Notre Dame testemunhou importantes eventos históricos:

– St. Louis descalço, carregando a coroa de espinhos (1239)
– Execução dos templários sob a acusação de serem hereges (1314)
– Coroação de Henrique VI de Inglaterra (1431)
– Coroação de Napoleão (1804)
– Beatificação de Joana d’Arc (1909)
– Celebração da Libertação (1944)
– Cerimônia em memória do General de Gaulle (1970).

Contudo, por ter sobrevivido a muitas mudanças na história, sua arquitetura acabou sendo um pouco influênciada, tanto que mesmo sendo em sua maioria gótica, apresenta também sinais da influência românico normando e até mesmo alguns toques barrocos.

A planta é demarcada pela formação em cruz romana orientada a ocidente.

Capa_Notre_dame

 

Esta entrada foi publicada em Lugares, Saidas fotográficas, Viagens. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Uma resposta a Catedral de Notre Dame – Paris

  1. Hello! Thanks for your visit and comment!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *